• cursos e eventos da escrevedeira

     

     

    ATENÇÃO

    para pagamento por cartão de crédito, acesse: https://www.escrevedeira.com.br/loja

    fique de olho nas novidades que acontecem por aqui

    A LITERATURA A PARTIR DO SONHO #2

    com Ingrid Fagundez

    O que se sonha quando a realidade se mostra uma distopia? Autores das mais diferentes tendências literárias têm usado sonhos como matéria-prima, trabalhando a frágil fronteira entre realidade e fantasia. Combinando as abordagens histórica, sociológica e poética das visões oníricas em contos, poemas e ensaios, o curso mostra o seu potencial para a literatura. Nessa nova edição, o destaque é a influência dessas visões na ficção científica, no realismo fantástico e mesmo nas escritas baseadas na realidade, que, em tempos de pandemia, parecem cruzar os limites do imaginário. A partir de textos de, entre outros, George Orwell, H.G. Wells, José Saramago e Silvina Ocampo, os participantes podem analisar seus próprios sonhos e experimentar o uso desse recurso na escrita, numa série de exercícios realizados e discutidos em aula.

     

    8, 15, 22 e 29 de abril, quartas

    19h30 às 21h30

    R$ 390

     

    Ingrid Fagundez é formada em Jornalismo pela UFSC e pós-graduada em Biografia e Gêneros de Não Ficção pela University of East Anglia. Foi repórter da Folha de S. Paulo e do serviço brasileiro da BBC, escrevendo sobre política e comportamento. Atualmente é professora de não ficção literária da pós-graduação em formação de escritores do Instituto Vera Cruz.

    CLUBE DE LEITURA

    com Luciana Gerbovic e Flavio Cafiero

    livro do mês: A Morte e o Meteoro, de Joca Reiners Terron

     

    Ambientado num futuro tão provável quanto distópico, quando a devastação da Amazônia é fato consumado, A Morte e o Meteoro (Todavia, 2019) (narra a saga de um sertanista incumbido de transportar uma tribo indígena misteriosa, isolada e na iminência de extinção, para o México, onde serão recebidos como refugiados políticos. História, nas palavras do escritor, escrita "num jorro de raiva e urgência", o romance entrega uma resposta vigorosa - do modo que só a ficção consegue elaborar - para os dias de hoje.

     

    4 de abril, sábado

    10h30
    contribuição voluntária

    ELENA FERRANTE E A EXPERIÊNCIA DA AUSÊNCIA

    com Fabiane Secches

    Para além do mistério em torno de sua "verdadeira identidade", Elena Ferrante é uma escritora fascinante. Com A amiga genial, a autora levou leitores do mundo todo a percorrer as ruas de um pequeno bairro de Nápoles. Coisa pouco frequente no meio editorial, o enorme sucesso de público vem sendo acompanhado pela chancela da crítica literária. Partindo dessa recepção, o curso examina a questão de autoria e aborda o fenômeno "Febre Ferrante", para então se dedicar a uma visão de conjunto das narrativas da autora, desde seus primeiros romances até a tetralogia napolitana.

     

    13, 20, 27 de abril

    e 4 de maio, segundas

    19h30 às 21h30

    R$ 390

     

    Fabiane Secches é mestre e doutoranda em Teoria Literária pela USP. Psicanalista e crítica literária, colabora escrevendo sobre literatura em jornais e periódicos como, entre outros, Folha de S. Paulo e revista Quatro Cinco Um.

    ARTES E ARTIMANHAS DA CRÔNICA

    com Fabrício Corsaletti

    Há quem diga que a crônica é o mais brasileiro dos gêneros literários. Sem perder o fio de uma conversa com o leitor, os cronistas são capazes dos mais diversos tons, do esquete cômico à meditação existencial, passando pela observação do cotidiano e pelo devaneio poético. A oficina apresenta as principais características desse gênero, comparando-o com alguns de seus vizinhos, como o conto, o ensaio e o poema em prosa, para propor aos participantes o exercício de escrever suas crônicas, que serão discutidas em aula.

     

    13, 20, 27 de abril
    4 de maio, segundas
    19h30 às 21h30

    R$ 390

     

    Fabrício Corsaletti é formado em Letras pela USP, autor de diversos livros de poemas, contos e crônicas, entre eles King Kong e Cervejas, Quadras Paulistanas (Companhia das Letras, 2008 e 2013), Perambule (Ed. 34, 2018) e Roendo Unha (Pedra Papel Tesoura, 2019). Foi colunista da revista São Paulo, da Folha de S. Paulo, publicando poemas e crônicas.
     

    O CHARME BANAL DAS CANÇÕES

    com Zeca Baleiro

    Uma canção às vezes não sabe bem o que vai dizer, mas isso não impede que ela diga. Em voz alta, no quarto ou no palco, mas sempre carregando impulsos que extrapolam até mesmo o controle do seu criador para ‘bater na porta do vizinho e desejar bom dia’ e convidá-lo a um lugar novo, um passado que é futuro, pedindo: ‘Vamos pra Babylon! Vamos pra Babylon!’. Numa mistura de conversa e oficina, Zeca Baleiro traz casos curiosos de letras de canções brasileiras, fala de seu processo de criação e mostra algumas canções nascidas de ideias e situações peculiares, propondo então exercícios criativos com os participantes que podem resultar na composição de uma canção coletiva.

     

    14, 15 e 16 de abril, terça, quarta e quinta

    19h30 às 21h30

    R$ 350

    20 vagas

     

    Zeca Baleiro tem, desde os anos 1980, uma longa experiência como compositor, cantor e produtor musical, com seus muitos discos de estúdio e ao vivo, entre eles um em parceria com Hilda Hilst, além de dvds e projetos especiais, como trilhas para espetáculos de dança, teatro e cinema. Também é autor de duas peças para teatro e dos livros Bala na Agulha (Ponto de Bala, 2010), A Vida é um Souvenir Made in Hong Kong (UFG, 2011), A Rede Idiota (Reformatório, 2014) e Quem Tem Medo de Curupira (Cia. das Letrinhas, 2016).

    ESCREVEDEIRA BOOK CLUB

    com Vania Gomes

    Literature is an excellent ally for those who wish to improve their English language skills. Reading and discussing good texts is a pleasant way to enrich one’s vocabulary, learn new expressions and increase comprehension of a new language.This is the proposal of Escrevedeira BookClub, where you can read and speak English.

     

    Short story of the month: A Manual for Cleaning Women, Lucia Berlin

     

    American writer Lucia Berlin’s (1936-2004) short stories only rose to fame eleven years after her death, with the publication of A Manual for Cleaning Women, which hit The New York Times’ bestsellers list the second week after its publication. Pedro Almodovar is now working on a film adaptation of some of the stories in the collection.

     

    The title story is a first-person narrative of the comings and goings of a young woman who works as a cleaning lady at her clients’ homes, where she uncovers the differences between her employers according to their origins and jobs. All of this is transformed into remarks and advice in Berlin’s uniquely direct and well-humored style.

     

    A literatura é ótima aliada de quem quer se aprimorar em uma língua estrangeira. Ler e discutir bons textos é um jeito prazeroso de ampliar o vocabulário, diversificar a expressão e melhorar a compreensão oral de uma nova língua. Essa é a proposta do Escrevedeira Book Club, onde se lê e se conversa em inglês. ⠀

     

    Texto do mês: O Manual da Faxineira, Lucia Berlin

     

    Os contos da norte-americana Lucia Berlin (1936-2004) só encontraram realmente o seu público onze anos após a morte da autora, com a publicação do livro Manual da Faxineira (no Brasil, pela Companhia das Letras), que chegou à lista de mais vendidos do New York Times logo na segunda semana depois do lançamento. Pedro Almodovar está preparando um filme com adaptações de algumas histórias dessa coletânea.

     

    No conto que dá título ao livro, uma jovem mulher que trabalha com limpeza narra em primeira pessoa seu ir-e-vir entre as casas de seus clientes, descobrindo diferenças entre empregadores de acordo com suas origens e profissões, que transforma em comentários e conselhos, tudo no estilo sempre direto e bem-humorado característico de Berlin.

     

    15 de abril, quarta

    19h30 às 21h30

    R$ 50

     

    Vania Gomes cursou Letras na PUC-RJ e é pós graduada em Literaturas de Língua Inglesa na USP. Professora de inglês para adultos há mais de vinte anos, criou em São Paulo a The Academy of Languages.

    OS SEGREDOS DA VÍRGULA

    com Lucimara Carvalho

    As normas gramaticais são muitas vezes encaradas como um assunto chato, mas, como sempre, é uma questão de como abordá-las, focalizando o uso mas do que a teoria. Quem conhece o seu funcionamento, pode usá-las a favor de sua inventividade, como fizeram alguns grandes escritores, entre eles Guimarães Rosa e José Saramago, para ficar na língua portuguesa. Uma parte desse conhecimento está em saber utilizar os sinais de pontuação, em especial a vírgula. Responsável por dar ritmo e cadência ao texto escrito, entre outras coisas, ela tem também seus segredos. E o escritor que sabe trabalhar com a vírgula não apenas nos lugares previstos aumenta em muito as possibilidades de criação de sentido em seus textos.

     

    23 de abril, quinta

    19h30 às 21h30

    R$ 50

     

    Lucimara Carvalho é graduada e licenciada em Letras e Literatura pela USP. Professora de língua portuguesa e literatura brasileira, incluindo oficinas de leitura, análise e interpretação de textos literários para pequenos grupos e leitura crítica e acompanhamento de escrita para jovens escritores. Trabalha também, há mais de vinte anos, como editora e preparadora de texto.

    A ESCRITA DO CONTO CONTEMPORÂNEO: CENÁRIO, TRAMA, PERSONAGENS

    com Paulo Scott

    Comparado a outros gêneros, o conto pode ser considerado uma forma literária recente, que, no entanto, vem se renovando desde suas origens no séc. XIX. A narrativa breve praticada atualmente inclui ‘vocações estéticas’ que têm reflexos na produção literária brasileira em diversos gêneros. Esta oficina expõe e analisa algumas das novíssimas técnicas do conto contemporâneo em associação com atividades práticas que permitem aos participantes comparar os procedimentos narrativos apresentados com seus próprios processos de escrita

    Os textos produzidos na oficina são discutidos em aula sob a coordenação do professor, que também analisa contos dos participantes que já visam a publicação.

     

    23, 30 de abril

    7, 14, 21, 28 de maio

    4 e 18 de junho, quintas

    19h30 às 21h30

    2 parcelas de R$ 390

     

    Paulo Scott é autor de diversos livros de poesia e prosa, dentre eles o de contos Ainda Orangotangos (Bertrand Brasil, 2003), adaptado para o cinema por Gustavo Spolidoro, os romances Habitante Irreal (Alfaguara, 2011, Prêmio Machado de Assis), lançado também na Alemanha, Croácia, Estados Unidos, Inglaterra e Portugal, O Ano em que Vivi de Literatura (Foz, 2015, Prêmio Açorianos de Literatura) e o livro de poemas Mesmo sem Dinheiro Comprei um Esqueite Novo (Companhia das Letras, 2014, Prêmio APCA).

  • cursos e oficinas permanentes

    OFICINAS DE ESCRITA CRIATIVA

    com Noemi Jaffe

     

    A oficina propõe a leitura e a discussão de textos de referência em prosa, literários e teóricos, e exercícios diversos de escrita criativa, incluindo a análise crítica dos textos produzidos pelos participantes. Além disso, os participantes escrevem um ou dois contos longos durante o semestre, com acompanhamento do professor.

    ​​

    turma 1

    início em 10 de fevereiro, segundas

    20 às 22h

     

    turma 2

    início em 11 de fevereiro, terças

    10 às 12h

     

    turma 3

    início em 12 fevereiro, quartas

    10 às 12h

     

    5 parcelas de R$ 440

     

    Mais informações e inscrições pelo email

    contato@noemijaffe.com.br

     

    Noemi Jaffe é doutora em Teoria Literária pela USP, autora de, entre outros, Folha Explica Macunaíma (Publifolha, 2001), A Verdadeira História do Alfabeto (Cia. das Letras, 2012, prêmio Brasília de Literatura), O Que os Cegos Estão Sonhando? (Ed. 34, 2012 / ed. em inglês Deep Vellum, EUA, 2016), O Livro dos Começos (Cosac Naify, 2015) e Não Está Mais Aqui Quem Falou (Cia. das Letras, 2017, prêmio Biblioteca Nacional).

     

    OFICINA DE ESCRITA PARA INICIANTES

    com Flavio Cafiero

     

    Existem coisas que só saem de nós por escrito. Muita gente gostaria de escrever suas histórias, fictícias ou não, mas faltam estímulo e prática. E há aqueles que precisam escrever, mas não conseguem. Na oficina, por meio da análise de contos da literatura mundial e da proposição de exercícios de escrita criativa, o participante terá condições de soltar sua voz. Os requisitos são apenas gosto pela leitura e vontade de se aventurar.

     

    Flavio Cafiero é autor de O Frio Aqui Fora (Cosac Naify, 2013, romance finalista dos prêmios Jabuti e São Paulo), da coletânea de contos Dez Centímetros Acima do Chão (Cosac Naify, 2014, finalista do prêmio Oceanos e ganhador dos prêmios Jabuti e Belo Horizonte) e da novela digital O Capricórnio se Aproxima (e-Galáxia, 2014) e do romance Espera Passar o Avião (Todavia, 2018).

    Todos os Posts
    ×
    ×
    Ao acessas este site, você concorda em dividir informações de acesso, pesquisa e dados em geral para que possamos melhor atender e prestar serviços direcionados. Nós respeitamos a privacidade de seus dados! Caso haja qualquer dúvida, por favor, nos escreva: escrevedeiracontato@gmail.com
    ×
    Nós respeitamos a privacidade de seus dados! Caso haja qualquer dúvida, por favor, nos escreva: escrevedeiracontato@gmail.com